Projeto Vozes do Paraná aproxima deputados da bancada federal e empresários da radiodifusão.

A Aerp que garantir um canal aberto de diálogo entre representantes do rádio e da TV com os parlamentares

Por Juliana Sartori


A Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp) recebeu nesta sexta-feira (10) alguns deputados federais do Estado para um café da manhã, dentro do projeto Vozes do Paraná. O objetivo do projeto é garantir um processo de aproximação dos parlamentares com radiodifusores, para que eles possam conhecer melhor as necessidades do setor de rádio e TV e ao mesmo tempo levar informações úteis à população paranaense sobre o trabalho realizado em Brasília.

Segundo o presidente da Aerp, Caique Agustini, o relacionamento com a bancada federal é essencial para o controle e ajuste que rege o trabalho diário da radiodifusão. “A Aerp quer garantir a partir de agora esse contato institucional constante e um canal aberto de diálogo com a bancada federal, já que quase todos os meses temos alguma demanda e precisamos ativar os deputados”, afirma. A partir desta iniciativa do café na sede da Aerp, o presidente diz que pretende “acabar com as distâncias que criam fantasmas”, já que a ideia é que “esta parceria garanta bons frutos para ambos os lados”.

Entre os deputados que participaram estava o deputado federal Rubens Bueno (Cidadania) que mencionou a importância estratégica desse encontro para o país. Segundo ele, quando existe qualquer menção de discurso de controle da rádio e da TV, é necessária uma reação por parte dos deputados. “É preciso sempre lembrar que sem imprensa não há democracia”, disse.

O deputado Luizão Goulart (Republicanos) destacou a credibilidade do rádio e da TV que levam à população as informações de programas que são discutidos no Congresso Nacional. “Precisamos dos meios de comunicação tradicionais que têm a credibilidade como marca para que possam levar as notícias destas iniciativas positivas para a sociedade”, analisou.

Para o deputado Aroldo Martins (Republicanos) a aproximação entre os meios de comunicação e os legisladores é muito importante, já que mostra que “estamos todos atentos às mudanças de tecnologia e temos consciência daquilo que é bom e do que é nocivo; e aquilo que é propagado erroneamente ou falsamente deve ser combatido em conjunto”, analisou. Ele falou que esse encontro mostra um caminho para “uma sociedade bem instruída por um jornalismo sério e com conteúdos que não destruam aquilo que é importante para vivermos como sociedade”, frisou.

Entre os diretores da Aerp que recepcionaram os deputados estava Leonardo Petrelli, do grupo RIC de Comunicação, que também chamou a atenção para o próximo ano, que é eleitoral, e é quando deve surgir uma nova onda de notícias falsas. “O que deve prevalecer é a informação que tem chancela, precisa ser valorizado o veículo que coloca a sua marca à disposição da sociedade”, disse ao pedir apoio dos parlamentares para pautas importantes para a radiodifusão no Congresso, “que é o setor que efetivamente está mais próximo da população”.

Segundo o presidente da Aerp, Caique Agustini, o próximo encontro dentro do contexto do projeto Vozes do Paraná deve ser realizado em Brasília, já no início de 2022, seguindo a sugestão da própria bancada para garantir ainda mais proximidade entre os deputados e os representantes das emissoras de rádio e TV do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *